O misterioso túnel de Penedo- AL


Foto: arquivo / "Rocheira"


Com esta publicação pretendo criar algumas hipóteses que nos faça pensar sobre a existência de um túnel secular ou se este é apenas uma criação do imaginário popular. Dessa forma, gostaria de convidar você, leitor, a entrar em um imaginário túnel do tempo a fim de conhecer um dos motivos que incrementam e enriquecem a história do município de Penedo; o misterioso túnel.

Há anos, a população penedense comenta sobre a existência de um túnel que começa no Convento Franciscano Santa Maria dos Anjos e termina na “rocheira” - um dos principais pontos turísticos de Penedo. E por esse motivo decidi buscar algumas informações pertinentes.

Como se fosse um turista fazendo um ótimo passeio pelos pontos turísticos de Penedo, fui ao convento, ao museu “Casa do Penedo” e à “rocheira” com o objetivo de encontrar fontes de informação que assegurem a existência desse túnel. Encontrei escritos numa placa de informações turísticas, dentro do convento, onde a pesquisadora Cristina Sanchez menciona o seguinte: “Em baixo do vão desta escada, dizem existir o tão famoso túnel”.


Foto: arquivo


Já no livro Arruando Para o Forte, de Francisco Sales – fundador do centro cultural Casa do Penedo, podemos encontrar nas páginas 80 e 81 o seguinte trecho: “... Na verdade, a cartografia do Forte Maurício evidencia a existência da passagem que servia para o abastecimento da fortaleza. Conta-se que muitos foram aqueles que ali entraram na busca de supostas riquezas deixadas pelos holandeses, mas que todo ganho se restringiu a uma bem solidificada loucura, além de parcas moedas e outros objetos. É gajão, só uma escavação arqueológica para encontrar a verdade dos fatos.” Observe que o objetivo do túnel era para ABASTECIMENTO DA FORTALEZA, ou seja, uma forma mais fácil e segura dos militares transitarem com seus objetos.



Foto: arquivo


Marquete do Forte Maurício de Nassau - Fundação Casa do Penedo


No entanto, circula por aí, uma informação distorcida de que a construção do túnel era para a fuga dos holandeses, e isso foi desmentido pelo fato de que não tem lógica um túnel ser construído para fuga dos holandeses, logo que a expulsão destes (holandeses) aconteceu 15 anos antes da construção do convento. Creio que esta informação contraditória não acrescenta em nada à história de Penedo e precisa ser repensada para poder transmiti-la aos penedenses e turistas.


Foto: arquivo


Na verdade, a gente não precisa pensar muito para supor que o convento foi construído em cima do terreno onde era o forte e, o túnel, que antes era usado pelos holandeses para transitarem e, possivelmente, fugirem devido ao ataque dos portugueses (pois havia conflito entre holandeses e portugueses naqueles tempos), passou a servir para os construtores do convento com tamanha utilidade no deslocamento de materiais que compõem o acervo histórico do monumento.


Foto: arquivo


Daí, conversei também com informantes de turismo de Penedo, atuais e antigos, e alguns moradores do famoso Barro Vermelho (Bairro Santo Antônio). Grande parte acredita na existência do túnel, haja vista que teve gente afirmando que já entrou e andou alguns metros, mas que teve que voltar pois era muito escuro e haviam muitos morcegos, isso partindo do convento. Há depoimento de que Penedo recebeu uma equipe de especialistas que procuraram o túnel a partir da “rocheira”, porém, não conseguiram o resultado que buscavam. Os depoimentos deixam qualquer um, que creia na existência do túnel, impressionado e pensando por que o mesmo teve suas entradas fechadas. Será possível a existência de segredos que não podem ser revelados?


Foto: arquivo


Há quem diga que o antigo prefeito, Dr. Raimundo Marinho, fechou a entrada que ficava na “rocheira”, no ano em que foi feita a reforma desse ponto turístico (entre as décadas de 70 e 80), por que algumas crianças tinham costume de entrar e chegaram a encontrar moedas. Mas o fato é que era perigoso adentrar no escuro túnel e, por isso, aquele local deveria ser fechado.

A igreja Nossa Senhora das Correntes também tem um suposto túnel. Uma ex informante de turismo que já trabalhou nesse ponto, relatou sobre a visita de um antigo morador de Penedo, que passou a morar em Maceió. Este visitante (aparentemente com 60 anos de idade) disse que todas as vezes que vem para Penedo, tem que entrar nessa igreja, porque lembra que quando era adolescente entrou no túnel com um amigo para saber onde era a saída, mas teve que voltar porque encontrou cabelos, ossos e muita sujeira, além da escuridão que o assustava todas as vezes que fazia a tentativa. O suposto local de entrada para o túnel, ficava em baixo do vão da escada de acesso ao altar principal (coincidentemente como no convento, perto da escada).


Foto: arquivo / Igreja Nossa Senhora das Correntes


Era sabido pelos mais antigos que o suposto túnel da igreja das correntes fazia duas ligações, uma com a Ilha de São Pedro (que é possível avistar quando estamos de frente a igreja) e a outra com a “rocheira”. E para assustar os curiosos que ousassem entrar, falava-se na existência de uma grande serpente dentro desse túnel.


Foto: arquivo


Há de se pensar que, se realmente existiram tais túneis, o objetivo era transportar objetos de valor entre o local de desembarque (que seria o rio) e o destino (o Forte Maurício de Nassau), pois não poderiam circular por cima da cidade, logo que era um período de muito conflito entre os colonizadores e seria um risco expor as riquezas que chegavam a esta povoação. Talvez você possa pensar que as datas do Forte Maurício de Nassau, o convento e a Igreja das Correntes não coincidem, mas, basta raciocinar que a escavação de tal túnel faz parte da cartografia do Forte Maurício de Nassau e se encontra com os relatos de que o mesmo túnel era como um labirinto, o que me faz pensar que poderia ter saídas com a rocheira, convento, igreja das correntes, ilha de São Pedro e, quem sabe, alguma outra saída?!

O município de Penedo possui prédios seculares, alguns com passagens secretas para outros cômodos. No passado, era muito comum pensar uma forma silenciosa de escapar daquilo que poderia tirar sua liberdade de viver. O ser humano tem capacidade de pensar estrategicamente. As pirâmides do Egito, por exemplo, já não são tão misteriosas como na época de sua descoberta, pois algumas coisas já foram reveladas e, mesmo assim, ainda intrigam os pesquisadores. Tudo isso reforça o pensamento de que Penedo não é a “Ouro Preto do Nordeste” – como dizem algumas pessoas – e que é possível existir um túnel escondido. Quem desvendará o mistério?

E você, acredita? Conte para a gente nos comentários o que sabe ou ouviu falar, estamos curiosos.



----------------------

Mais Tour - Agência de Viagens e Turismo.

Trabalhamos com venda de passagem aérea, hospedagem, passeios e pacotes de viagens.

Estamos localizados na Avenida Duque de Caxias, nº379, no centro de Penedo/AL.

Whatsapp: (82) 9 9989-0209.

CADASTUR: 18.838.936/0001-51



Avenida Duque de Caxias, 379, Centro. Ao lado da Igreja da Santa Cruz. Penedo-AL

CEP: 57.200.000

Tel.: (82) 9 9989-0209

Cadastur: 18.838.936/0001-51

Todos os direitos reservados. Mais Tour - Agência de Viagens e Turismo